II Simpósio de Futebol: migrações, mídias e sociabilidades

28/02/2012 15:11

 

O II Simpósio de Futebol: migrações, mídias e sociabilidades é um evento de debate e divulgação científica de estudos e trabalhos relacionados ao futebol. Composto por comunicações orais, mesas temáticas e mostra áudio-visual, o II Simpósio de Futebol é um encontro onde se privilegia a construção de saberes compartilhados tendo como fonte aquilo que está denominado por ciências humanas e sociais. Provindos de áreas disciplinares do conhecimento, os conhecimentos produzidos sobre, com, para o futebol, têm analisado suas mais variadas instâncias, nesta edição dando atenção especial com mesas temáticas sobre migração, mídia e sociabilidade e suas implicações políticas, sociais, culturais e econômicas. Estas por sua vez trazem algumas questões mais evidentes do imaginário social e outras mais sutis, como por exemplo: a construção regional/nacional do evento Copa do Mundo de 2014, a emergência da profissionalização do futebol praticado por mulheres, a expansão das redes sociais e sua relação com os clubes de futebol profissional, as transformações do pertencimento clubístico e de suas práticas contemporâneas, as reconstruções historiográficas, a configuração do futebol varzeano seja ele urbano ou rural, as práticas discursivas elaboradas pelos diferentes meios e agentes, etc.

Clique aqui para melhores informações: II Simpósio de Futebol: migrações, mídias e sociabilidades

MINICURSO Subversão Cronotópica – Prof. José Gatti

11/02/2012 21:57

Duração: 15 horas

Data: de 29 de fevereiro a 02 de março

Unidades promotoras: Programa de Pós-Graduação em Inglês / Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas

Público: estudantes de pós-graduação da UFSC

Informações: Programa de Pós-Graduação em Inglês: 3721-9455 – pgi@cce.ufsc.br

 

Este curso pretende examinar a representação espaço-temporal no cinema, no contexto das políticas de representação. Para isso, serão examinadas as seguintes formulações conceituais: o cronotopo, tal como definido por Mikhail Bakhtin, a era imaginária de Lezama Lima e o tempo vazio e homogêneo segundo Walter Benjamin. Serão também examinados os elementos básicos que se estabeleceram com o que poderíamos definir como narrativa clássica, posteriormente com o cinema moderno e, finalmente, aquele que alguns definem como cinema pós-moderno. Os trabalhos de Noël Burch e Maya Deren nos auxiliarão nesse percurso.

Serão realizadas práticas de análise textual, com o foco em obras que desafiam representações consagradas e hegemônicas de tempo, espaço e história.

Estudantes deverão apresentar ensaio escrito para avaliação, em prazo a ser definido.

Edital Galeria da Ponte – Inscrições até 20 de março

09/02/2012 15:19

O NAVI – Núcleo de Antropologia Visual e Estudos da Imagem – abre inscrições para seleção de exposições na Galeria da Ponte, localizada no prédio do Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFH/UFSC, no período de março a dezembro de 2012.

A Galeria da Ponte é um espaço destinado a exposições fotográficas provenientes do trabalho de campo de pesquisadores.

1. DA INSCRIÇÃO

1.1. O período de inscrição será de 01 de dezembro de 2011 a 20 de março de 2012.

1.2. Os interessados em participar devem encaminhar o material contendo:

– texto descritivo da exposição;

– fotografias (até 20 imagens, no tamanho máximo de 20x25cm. Na inscrição serão aceitas fotos digitalizadas, que deverão ser impressas uma vez selecionada a exposição;

– respectivas legendas;

– duas imagens em alta resolução (300 dpi) para fins de divulgação

para NAVI/CFH – Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem, Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Campus Universitário – Florianópolis/SC, CEP 88040-970

aos cuidados de Marina Moros

Matias Godio lança livro FUTBOL Y SOCIEDAD

15/12/2011 11:10

FUTBOL Y SOCIEDAD

Matias Godio y Santiago Uliana (orgs.)

Editado em Buenos Aires por EDUNTREF, a editora da Universidad nacional de Tres de Febrero

Distribuido por PROMETEO LIBROS

Presentación de los organizadores

Prólogo de José Garriga

1. Fronteras y zonas en la circulación global de los jugadores brasileños de fútbol

Carmen Silvia Rial

2. Mentalidad, nacionalismo y estilo en el fútbol mexicano

Arturo Santamaría Gómez

3. Identidades y rivalidades. Reflexiones desde la Copa Libertadores de América

Santiago Uliana

4. Los clubes de fútbol y sus dirigentes. Un campo de fuerzas de las formas experimentales del poder y la política en Argentina

Matias Godio

5. Debates en torno a la inclusión de nuevas tecnologías en el fútbol

Santiago L. Nogueira

6. Dolor y cuerpo en el fútbol: una etnografía del mundo vivido en un centro de entrenamiento de un club brasileño

Fernando Bitencourt

7. Radiografía de la violencia en el Fútbol. Dinámica y desplazamiento de los enfrentamientos en que suceden las muertes en la Argentina

Sebastian Sustas

8. El Fútbol de luto. Análisis de los factores de muerte y violencia en el fútbol argentino

Diego Murzi, Santiago Uliana y Sebastián Sustas

9. Una sociología del fútbol en Brasil

Mauricio Murad

10. Las ciencias sociales y el fútbol: esbozo de una relación

Daniel Sazbón

NAVI promove Workshop com Glaucia de Oliveira Assis

05/12/2011 17:26

 

O evento faz parte das atividades do projeto, Migrações e Mobilidades Contemporâneas: Gênero, Trajetórias e Estilos de Vida (NAVI- UDESC), coordenação Glaucia de Oliveira Assis, (FAED -UDESC) vinculado ao Projeto de Rede de Pesquisa: Migrações no Brasil Contemporâneo : Fluxos, Processos Sociais e Gênero sob a Coordenação de Sidney Antonio da Silva (UFAM ).

Ocorrerá nesta sexta-feira, dia 9, às 14:30hrs na sala 111 do Departamento de Antropologia – CFH.

 

Navista Wagner Camargo dá palestra em Paris

04/12/2011 11:42

Less gay, more queer: LGBT sports competitions under critical approaches/Moins gay, plus queer : une approche critique des compétitions sportives LGBT é o titulo da palestra que Wagner Cmargo fez num importante encontro sobre Esporte e Sexualidade. O tema da sua fala é o mesmo da tese de doutorado, no PPGICH, a ser defendida em final de fevereiro proximo.

Veja o programa completo em:

Prof. Carmen em Coloquio em Paris com antropólogos brasileiros e franceses

26/11/2011 12:17

Professores reunidos

O Coloquio do Programa Saint-Hilaire reuniu antroplogos, socilogos, economistas e historiadores brasileiros e franceses que tem projetos financiados pelo programa ou que foram convidados para dividirem a mesa com colegas do outro pais. Da UFSC participaram Carmen Rial e Miriam Grossi, a primeira falando sobre sua pesquisa sobre a circulacao de jogadores brasiros de futebol e a segunda sobre a circulaçao de ideias entre a França e o Brasil. O Coloquio foi financiado pela CAPES e pelo CNRS.

Programa Saint Hilaire

NAVIsta Alex Vailati lança livro “Um refugio dá exclusão”

21/11/2011 14:11
Vailati, Alex (org), 2011, Um rifugio dall’esclusione. L’accoglienza non istituzionale dei
richiedenti asilo a Torino (Um refugio dá exclusão. Acolhimento não institucional dos
requerentes de asilo politico em Turim, Itália), Torino, L’Harmattan Italia.

Sinopse:
Entre 2007 e 2009 um grupo de requerentes de asilo político, com a ajuda de associações,
ativistas e cidadãos, ocuparam alguns prédios no território da municipalidade de Turim: isto foi
uma resposta à difícil situação habitacional de muitas pessoas estrangeiras, que não possuíam
um lugar para morar.

O percurso de estudo e pesquisa apresentado neste livro, começa destes fatos. São pesquisas
nascidas em primeiro lugar das experiências de participação e militância (em relação à falta
de intervenção das instituições), que analisam os dispositivos de ajuda propostos pelos entes
públicos e pelo privado social. Em segundo lugar, são apresentadas algumas experiências de
acolhimento não institucional. Aqui, movimentos políticos, cidadãos e requerentes de asilo
afrontaram junto um percurso de mobilização politica. Se o objetivo inicial era responder a
uma emergência habitacional, os resultados da pesquisa permitiram refletir amplamente sobre
a desconstrução das categorias de refugiado político e requerente de asilo.
Sobre o autor:
Antropólogo, tem doutorado em Antropologia e Etnologia pela Università degli Studi di
Torino (Itália). Desde 2005, depois de uma pesquisa sobre os refugiados políticos africanos na
Itália, começou a trabalhar na África meridional, principalmente na África do Sul (KwaZulu-
Natal) e Moçambique (Zambesia). Atualmente é pós-doutorando na Universidade Federal de
Santa Catarina, onde desenvolve uma pesquisa sobre o papel dos jovens em comunidades de
pescadores da Ilha de Florianópolis (Santa Catarina).